google –

googleMinusEu sempre achei o Google uma empresa sensacional. Começou com dois estudantes de PhD que montaram uma máquina de busca baseado no seu trabalho de doutorado e o negócio foi só dando certo. Hoje é uma gigante. Mas ultimamente a impressão que eu tenho que é a empresa está andando para trás. E pelo jeito não sou só eu que tenho essa impressão. Achei vários posts na internet comentando sobre problemas crônicos em vários produtos. Em todos os artigos que eu li a respeito, os problemas são as “melhorias” que o Google tem lançado nas novas versões de seus produtos.

As novas versões estão sendo extremamente criticadas pelos usuários que em geral preferem as versões antigas! Esse também é o meu caso. Uma versão nova, em geral corrige bugs e apresenta novos recursos em relação a uma versão anterior, mas não é o que está ocorrendo em vários produtos Google. E ainda tem o caso dos produtos “extintos”, que o google resolveu simplesmente acabar e nem deixou uma versão mínima para as pessoas usarem. A lista é enorme. Alguns produtos foram apostas erradas mesmo mas tinha produtos com muitos usuários. De agora em diante, se o produto é lançamento google eu evito para não correr o risco de ficar sem em alguns anos.

O gmail por exemplo é um excelente webmail, mas já lançou algumas mudanças que a primeira coisa que eu fiz foi correr nas preferências e desligá-las. A que eu mais lembro eram as abas “sociais”. Completamente inútil e idiota. Ao responder um email o gmail esconde o texto original.

O maps piorou geral, várias funções sumiram. Ele dá muito problema no firefox e browsers “não chrome”. Dá tanto problema que eu criei um link para abrir sempre no maps velho e nunca mais entrei no novo.

O youtube obriga o usuário a criar uma conta no google+, para de carregar os vídeos até um ponto, muda a resolução toda hora (pra pior) e começou agora com um auto-play nojento.

Eu nunca usei picasa, mas quem usava aparentemente teve que procurar outras soluções.

O latitude praticamente acabou e também migrou pra dentro do g+.

Até do próprio carro chefe do google, a busca, o pessoal está reclamando que está mais lento por causa dos redirecionamentos e da falta de privacidade. O primeiro ocorre porque os links que o google apresenta atualmente não são links direto para o site na lista de respostas da sua busca, são links para o próprio google. Assim eles armazenam o resultado que você escolheu para melhorarem as buscas deles mas também guardam para “montarem o seu perfil”. Eles sabem todos os links que os usuários clicaram e isso tudo está sendo guardado! (segundo ponto: privacidade). Isso faz com que as buscas fiquem mais lentas. Uma das saídas é usar outros sites de busca que pegam as respostas do google e retiram os redirecionamentos. (Exemplo: https://www.startpage.com/). A busca do google, foi o primeiro produto e até hoje é responsável pela maior parte do faturamento. E pelo jeito não é o foco da empresa. Se alguém inventar uma busca melhor, o google vai pro saco!

O g+, google+, google plus, é um outro ponto “interessante”. O google praticamente inventou a rede social com o orkut. Na época todo mundo tinha e usava. Mas o produto foi completamente largado pela empresa durante vários anos até o facebook tomar conta do mercado, com uma cara mais moderna. Depois que o orkut foi abandonado pela maioria das pessoas pelo facebook, é que o google resolveu criar uma outra rede social chamada g+ e tentar obrigar as pessoas a usarem. Chegou ao ridículo da mesma empresa ter duas redes sociais competindo uma com a outra! Hoje o facebook é o site mais acessado do mundo ao invés do google e o g+ é usado por pouca gente. Dizem que são só os funcionários. E a empresa continua tentando fazer todo mundo usar o g+ forçando as pessoas a terem contas lá para postarem vídeos, fazendo o latitude como produto g+, etc. Não sei como ainda não tomaram um processo anti-truste como a microlixo tomou em 1998. Obrigar as pessoas a usarem o g+ só fez ela se tornar a rede mais anti-social do mercado.

Recentemente criaram o inbox, que segundo o google pode substituir o gmail. Já vi que é contra mão e que não é uma ferramenta de email padrão. Mistura outras fontes de mensagens (principalmente da g+) na caixa postal! Ou seja: a história se repete e agora existem dois produtos de email da mesma empresa! É obvio que somente um deles continuará no mercado depois de alguns anos. Será que terão coragem de acabar com o gmail?

Não estou defendendo o facebook! Na minha opinião é uma empresa sem escrúpulos, faz experiências psicológicas com seus usuários (clientes) sem consentimento, tenta forçar conteúdo, não paga direitos autorais de vídeos, e deve ter coisa muito pior. Muita atenção as informações que colocam por lá!

Esse post da PC Pro de 2013 comenta sobre vários produtos e faz uma pergunta interessante: será que isso tudo é uma estratégia misteriosa do Google ou os donos não simplesmente enxergam mais e acham que continuam tudo beleza?

Google, o que aconteceu com “don’t be evil“?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s