MAC

barcoafundandoVisitamos ontem o museu de arte contemporânea de Montreal, ou MAC. Aproveitamos que era dia da meia entrada. Arte contemporânea é complicada porque não é arte para você ver, é arte para você entender. O que está exposto fisicamente só faz sentido se você souber o porque daquilo. Por isso também chamam de arte conceitual. Aí você tem que ler as plaquinhas e torcer para que o curador tenha deixado ali a explicação, o que nem sempre é o caso.

Se o visitante não leu ou não entendeu, o que ele vai ver é um carro da fiat pregado na parede, uma placa de aço crua apoiada em balões de hélio, fotos de pessoas que perderam a visão, máscaras japonesas iluminadas, uma placa de trânsito, slides de um barco afundando, fotos sem sentido, uma foto do google street view, etc…

O museu fica na Place des Arts e o prédio é muito bacana. Está ligado na cidade subterrânea e a lojinha do museu é muito mais bacana porque tem produtos inteligentes e de design. Pena que não é muito grande.

A obra do barco afundando pra mim foi a melhor. O artista arrumou um pequeno barco de madeira a vapor e enquanto navegava por um lago começou a serrar partes do barco fora até a água entrar e afundar. Enquanto isso um outro trouxa ficou tirando fotos. Gostaria muito de ver uma exposição dele fazendo isso em um avião.

+25 XPs

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s